NEWS & TRENDS:
Confira o que está sendo falado e o que será usado no mundo da moda e estilo.

Um look com personalidade vai muito além de roupas e sapatos. As joias também são essenciais para compor um visual cheio de estilo, seja ele despojado ou clássico. Brincos, colares, anéis, braceletes e pulseiras podem fazer toda a diferença na composição de uma produção.

O designer de joias, Diego Candelero, diretor da Di Candelero Joias Artesanais explica que uma mesma joia pode ser usada em diversos momentos e ocasiões e se adaptar tanto ao look quanto ao estilo de quem está usando. “Um colar de pérolas por exemplo, pode ser usado por uma mulher de 50 anos em um jantar chique como por uma jovem de camiseta branca, jeans e salto alto. Ambas estarão elegantes, cada uma em seu momento, com seu estilo. As joias são versáteis e atemporais”, explica o designer.

De acordo com Diego, o mais importante é que a pessoa se sinta bem e confortável, no entanto, existem sim algumas combinações coringas que vale a pena apostar. “Para o trabalho, a dica é usar um brinco de pérola, um colar com pingente pequeno, ou até mesmo um solitário. Se o passeio for no shopping com as amigas ou no restaurante preferido com a família, a combinação de pulseiras e colares com composição de três correntes de diferentes tamanhos fica super bonito. Já casamentos e formaturas exigem cuidado maior para que as joias não disputem a atenção com a roupa, penteado e maquiagem”, analisa Diego.

 

Joias exclusivas também podem ser um diferencial na hora de pensar em uma composição de moda. A personalização das peças faz com que ninguém mais no mundo tenha aquela joia, feita exclusivamente para você. Ela pode ter o formato, o tamanho, a gema e o estilo que mais combina com a pessoa. “As joias falam muito sobre quem a está usando. É importante saber o que se quer e buscar por peças que representem sua essência. Dessa forma, não tem como errar”, finaliza o designer da Di Candelero.

Composição de Looks

Setembro Amarelo, Outubro Rosa, Novembro Azul, Dezembro Laranja. Cada vez mais empresas privadas estão aderindo a ações de prevenção e conscientização sobre doenças que impactam em grande escala na sociedade pela alta incidência com as quais se manifestam. "Não é função somente do Estado ou de ONG´s e entidades filantrópicas falar sobre essas causas. Nós como empresas privadas podemos fazer e muito nesse sentido, pela abrangência e perfil do nosso público. Por se identificar com a marca, há também uma identificação natural com a causa que está sendo divulgada, gerando uma aproximação e chegando no objetivo principal, que é a conscientização sobre o tema. Ao motivar o conhecimento do assunto, estimulamos a prevenção, o diagnóstico precoce e o possível tratamento, evitando consequências mais graves ou soluções tardias", explica Diego Candelero, proprietário da loja de joias de alto luxo Di Candelero.

 

As formas de apoio são as mais variadas e passam desde a simples repostagem das campanhas vigentes de entidades de apoio à doação de parte da arrecadação com vendas de produtos no período. "No caso da Di Candelero, desenvolvemos peças exclusivas para o Outubro Rosa e Novembro Azul, todas tendo parte da arrecadação destinada ao Hospital de Câncer de Ribeirão Preto", esclarece Diego. O sucesso da ação do Outubro Rosa foi tão grande que eles decidiram prorrogar a ação - cuja causa é pertinente o ano todo - para que mais pessoas possam aderir. Já parte da renda com a venda do pingente estilizado exclusivo feito para o Novembro Azul servirá como apoio à nova ala de Urologia do Hospital.

 

As peças estão disponíveis para aquisição no site ou via WhatsApp 11 93074-3422. “Toda ajuda é importante, cada movimento pode fazer diferença. Se cada um fizer um pouquinho, aos poucos construiremos um novo panorama de consciência na nossa sociedade”, conclui.

Empresas aderem cada vez mais às causas sociais

O diamante é conhecido por ser a pedra preciosa mais dura da natureza e é usada em diversas joias como anéis, brincos e colares. Além de admiração, o mineral ganhou valorização como moeda de investimento dada a instabilidade financeira mundial, sendo considerado mais seguro do que o ouro. Moedas como Real e Euro estão sofrendo constante oscilações gerando a dúvida: onde investir o meu dinheiro?

 

Uma das vantagens do investimento em diamantes, é conseguir transportar milhões em uma pequena caixa. O fácil armazenamento é uma característica importante para quem investe neles. “As joias com pedras preciosas podem ser colocadas em locais estratégicos e seguros. É uma forma de se resguardar e investir, agregando valor ao patrimônio. As joias são artigos exclusivos e altamente luxuosos, não perdendo valor com o tempo, o que faz com que estes investimentos se assemelhem aos feitos em obras de arte”, explica Diego Inacio Candelero, designer de joias e diretor da Di Candelero, especializada em joias artesanais.

Na década de 80, após o segundo choque do petróleo, o mercado tentou adotar a pedra como um commodity, fazendo da gema um sinônimo de segurança em períodos de crise financeira. Hoje, os diamantes são um mercado com potencial de expansão enorme em comparação ao ouro, que é um mercado saturado, mas, para ser lucrativo, o investimento exige ajuda de profissionais habilitados para avaliações.

 

As pedras são avaliadas a partir de quatro características como o quilate (carat), que é a unidade de massa; lapidação (cut), que é o que vai dar o formato a pedra, pureza (clarity), que é transparência; e a cor (color), que é a cor da pedra. De acordo com Candelero, a combinação dessas quatro características é que dá valor à pedra.

Os diamantes são formados praticamente de um único elemento, que é o carbono. Em casos muito raros, eles podem ser preenchidos por microminerais que não fazem parte da química essencial do diamante e que podem influenciar na cor da gema, originando os diamantes coloridos, também chamados de “fancy”. Eles são tão raros que, a estimativa é que a cada 10 mil diamantes, apenas um seja um diamante fancy.

“Quanto mais claro e mais limpo é o diamante, maior é seu valor. Além do branco, que é o mais valioso, existem gemas nas tonalidades âmbar, marrom, azul, rosa, champagne, verde, vermelho e amarelo: são os chamados diamantes “fancies”. Diamantes negros, apesar de pouco valorizados, também aparecem bastante na joalheria atual”, explica o designer.

Cuidados com a pedra     
Todas as joias precisam de limpeza adequada para garantir as condições perfeitas e não é diferente com aquelas que possuem diamante. “É importante fazer a higiene uma vez por ano pois com o tempo a pedra tende a ficar mais opaca. É importante também ter cuidado ao guardar o diamante pois é uma pedra que pode riscar as outras em caso de contato” conta Diego Inacio Candelero.

Outro ponto importante é o cuidado com a limpeza caseira. Afinal, o procedimento envolve técnica e a mistura de outros materiais pode dificultar ainda mais a tarefa, porque cada metal exige um tipo de substância e material. “A manutenção é fácil e um joalheiro profissional poderá assessorar e garantir a durabilidade do seu artigo de luxo”, finaliza.

Diamante como investimento

A DI CANDELERO

Fale Conosco >

Sobre Nós >

ATENDIMENTO

  • Branco Facebook Ícone
  • Instagram - White Circle

11 93074-3422

(whatsapp)

© 2019. Di Candelero. por bolding.com.br

DI CANDELERO COM JOIAS LTDA.. 07..351.908/0001-99 
Rua Dr. Thomás Carvalhal 558 paraíso São Paulo 04006-001.

comercial@dicandelero.com -  Telefone: (11)  93074-3422

* Peças personalizadas, prazo variado de entrega